Total de visualizações de página

quarta-feira, 6 de junho de 2018













                                                  Se o pastor Emanoel Silva de Jesus tinha, como a maioria, o costume de comer suas ovelhas, nunca mais o bichin vai comer uma. É que,  de comedor, foi comido. Pois não foi batizando fieis que recebeu a visita de um jacaré-açu? Imaginou Seu Manel estar nas águas mansas da Lagoa do Abaeté e foi mergulhar seus fieis no Lago Abaya. Mergulhou o primeiro e quando se preparava para mergulhar o segundo, o bicho apareceu, e como estava de costas, apanhou-o pela bunda, mas sem poder segurá-lo. É  que Manel, tudo indica, nem teve tempo de chamar pelo Senhor Jesus e se cagou todo. O crocodilo, era, sim, um crocodilo, sentindo a catingueira, largou-o momentaneamente e o segurou pelas permas e começou a sacudi-lo dentro d´água para lava-lo das fezes. Foi aí que pescadores e moradores do local, aproveitando-se do vacilo do crocodilo, jogaram redes, bateram-no com paus, e tomou Manel do bicho, mas não era mais Manel, senão seu corpo dilacerado. 

                                               

Nenhum comentário:

Postar um comentário